quinta-feira, 1 de maio de 2008

lojas americanas

sei que daqui a pouco meu corpo vai assimilar o veneno e tudo vai ficar um pouco mais calmo, mas por enquanto, o efeito dessa droga é poderoso,
algo como uma bomba napalm, sem antídoto possível...
a floresta está em chamas e não vejo água ou escada de incêndio...
Sinto meu sangue virando lava e meus poros se tornando vulcões em erupção
Portanto nunca se sinta assim nas Lojas Americanas,
pois ontem fui comprar miudezas: tinta de cabelo, escova de dente, desodorante... e saí com quase 100 reais em compras inúteis... presentinhos pra minha carência, algo absurdamente ridículo, coisa de mulherzinha que sempre abominei...
De repente, na sessão de lingerie, entre uma calcinha e uma meia fina, me desviando de peruas em tons pastéis, que compravam sutians rendados e rosados, comecei a ouvir algo muito sentimental do Cidade Negra e a minha garganta travou...
E eu que só queria comprar um sutian preto, simples, de algodão...
alí, no meio das calcinhas, queria mesmo era chorar até derreter...
Não sei mais nada...
Você arrombou os portões da minha cidadela e agora, o que eu faço com o monstro que saiu de lá????

Nenhum comentário: